Cruzeiro e Atlético podem fazer seu primeiro clássico com treinadores estrangeiros

 

Por: Athos Oliveira

Coluna do Athos Oliveira

Pela primeira vez na história, o clássico mineiro poderá contar com dois técnicos estrangeiros na beirada de campo. Isso mediante a confirmação do técnico Antônio Mohamed, o “El Turco”.  O contrato com o técnico, a princípio, é de um ano. Além disso, ele chega a Belo Horizonte com uma comissão técnica enxuta, o treinador e mais três pessoas.

Se por um lado este é o décimo quarto técnico estrangeiro do Alético, o Cruzeiro está contando com apenas o seu quarto técnico fora do Brasil. O momento mais próximo de ter acontecido isso foi quando o português Paulo Bento dirigiu o Cruzeiro e o técnico Aguirre dirigiu o Atlético, o primeiro em 2016 de maio a julho, enquanto Aguirre foi anunciado em 2015 e saiu em maio de 2016.

O técnico anunciado pelo Atlético era o técnico do Tijuana, eliminado pelo Atlético na Libertadores 2013, no famoso “Milagre do Horto”, quando o ex-goleiro Victor defendeu pênalti de Riascos. Ele também já conquistou duas copas do México pelo Monterrey que estará neste próximo mundial em 2017 e 2019.

Mohamed será o quinto técnico estrangeiro dos clubes da série A, assim como Paulo Sousa do Flamengo que é Português,  Abel Ferreira do Palmeiras, o argentino Juan Pablo Vojvoda do Fortaleza, além do Paraguaio Gustavo Morínigo do Coritiba.

marmitaria da tia Selma
Lion Henrique
Sacolão do Oswaldo
phs
papelaria marzius
Vó Chinha
Casa do Pecuarista

 

 

 

 

 

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!