Uma entrevista com Elisson Casarino. O conselheiro do esporte fala sobre história e ideias para a cidade de Campo Belo.

As ideias, a pandemia e também o trabalho realizado no Ouro Verde. O DCB teve uma conversa com o Elisson Casarino, que é o conselheiro titular do esporte na cidade de Campo Belo, para saber o que pensa o vereador que também é conhecido como Barão, na cidade.

O vereador relembra a sua história, destacando a amizade que tinha com o pai do hoje prefeito Dr. Alisson, que atuava como presidente do Botafogo, e sendo assim a paixão pelo esporte veio desde pequeno. Ele relata que alguns de seus primos atuavam no Sparta, e que seu tio atuou pelo Botafogo. Para Elisson, quando se fala em esporte, se fala em inclusão, de pessoas que mudam de vida através do esporte.

Por isso, Elisson afirma que precisa fomentar o esporte na cidade, e diz que já houve alguns projetos para o esporte, alguns que segundo o vereador, já estão sendo analisados pelo advogado.  “O primeiro projeto é fazer o dia do esporte, onde se coloque todo o esporte em evidência” disse o conselheiro.

O segundo projeto que ele afirma que também está para a liberação de advogados, é a lei de incentivo ao esporte. Desta forma, todo clube que se associar a prefeitura, que precise de uma bola, uma rede, ou até mesmo material de construção pro clube que apresente a necessidade, possa fazer o cadastro, para ter o seu benefício, algo que segundo o vereador nunca teve na cidade.

Em tempo atrás , Barão recorda que tinha o time Campo Belo Esporte Clube, que foi algo que mexeu com a cidade, e que teve muito movimento, no que ele destaca o time que chegou na semifinal do campeonato sul mineiro  embora segundo ele, os campos de futebol tinham restrições. Atualmente Elisson destaca que 4 campos da cidade já estão tendo obras finalizadas, sendo o campo do Flamengo o primeiro, o do Botafogo o segundo e o do Comercial o terceiro.

Segundo Elisson ,  local do campo do Comercial tem um grande potencial, mas salienta que é necessário que o grupo dos associados do local, precisam ter a visão voltada pro esporte, não deixando o espaço parado, primeiro pensando que tem que ter evidencia o esporte no geral, e ali ter um terreno parado é prejuízo.

Sobre a pandemia o vereador conta que a parte esportiva só poderá ser pensada novamente no ano que vem. A pandemia atrasou todas as ideias de avanço do esporte na cidade.  Ele destacou os esportes que foram destaque na cidade, como a natação 3 anos atrás, na praça de esportes.

Em uma das perguntas feitas sobre competições escolares e estaduais, Barão falou sobreo JIMI e o JOES, ele relata que a prefeitura precisa ainda pensar em fazer um programa para estar trazendo estas competições para a cidade. Dentre os vereadores que ele afiram que querem ver o esporte crescer na cidade ele cita os nomes de Bruna Lorraine, Gustavo Protássio que é o vice conselheiro do esporte, Beto Santana, Thalles Camilo e o  Tchuca que é professor de Educação Física.  “Todo bairro tem uma quadra, mas está tudo parado” afirma o Conselheiro Esportivo.

Para o vereador é necessário fazer uma parceria com o público-privado, para ajuda do profissional, para dar a escolinha, levando pessoas a quererem de fato praticar o esporte, sendo elas de todas as idades. A quadra segundo o vereador não precisa ser somente para o esporte, mas também para a Zumba.

Sobre o trabalho do Carlinhos do Ouro Verde, ele relata que o observador técnico faz muito em meio as suas condições, que não favorecem um trabalho com excelência. ” Existe um tempo antes do Carlinhos, e outro tempo com o trabalho do Carlinhos” relata o vereador que também afirmou que Carlinhos estará apenas na função de olheiro, para poder revelar mais jogadores para a cidade, e também observar de outros municípios. Para o campo do Ouro Verde, o vereador disse que já tem um projeto junto ao prefeito, para que seja colocado um alambrado em volta do gramado, reforma do vestiário e também troca do gramado. Elisson também revela que uma extensão deste trabalho também acontecerá no campo do CEOM.

O mais importante segundo Elisson é despontar a base, sem questões de rivalidades, pois tudo tem que ser de benefício pensando na visão do esporte em Campo Belo, pois as revelações é que fazem o esporte acontecer na cidade. Quando perguntado sobre as rivalidades da cidade, Elisson destaca que tem que acontecer dentro dos gramados, e não ser levado pra base dos meninos, pensando no bem pro município.

Sobre os esportes que mais estão em evolução na cidade, Elisson destaca o Tênis, da antiga quadra do Joel, localizada na rua próxima ao Dom Cabral, que tem como dono o Welerson, que trabalha na Vivo atualmente. Isso segundo ele, foi importante até mesmo para que fosse construído uma quadra dentro da AABB. Ele também destaca o trabalho do Daniel da natação na cidade, que levou atletas para outras competições fora do município.

O vereador que diz que gosta muito de futebol e de voo livre, relata que espera que haja uma união do legislativo, para que todo o trabalho possa ter resultados eficazes já para este próximo ano.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!