Parar ou Não Parar o futebol: Passos Para Refletir

Por: Athos Oliveira (Estudante de Jornalismo)

Parar ou não parar o futebol? Em meio às competições dos campeonatos estaduais, Copa do Brasil e Libertadores, o questionamento sobre a paralisação ou não dos campeonatos divide opiniões e coloca representantes de competições e o Governo em ênfase, para saber as decisões que serão tomadas para os próximos dias, relacionadas as partidas de futebol. No Brasil os estaduais do Paraná e de Santa Catarina já não acontecem devido a Covid – 19, e agora o campeonato Paulista também está perto de ser suspenso. Vale lembrar que isso, não vai ser impedimento para os clubes treinarem em seus respectivos CTs.

Para justificar que o futebol deva continuar há sempre o discurso pronto do futebol como beneficio para a saúde, que os protocolos nos clubes são sérios e também vendo como o entretenimento que faria com que muitos ficassem em casa. Há também um outro problema como clubes que perdem patrocínios, por não estarem disputando competições e tem muitas vezes que abrirem mão de jogadores que precisam receber um salário melhor em outros com mais aquisição financeira

Os argumentos contrários são baseados no número de infectados entre os atletas, e a nova onda que sempre bate recordes de mortes, nestes últimos dias, e as constantes viagens de jogadores que precisam se deslocar para jogar partidas de norte a sul do país e também alguns no exterior. Mas além disso, também a representatividade de torcedores que aglomeram em ônibus das delegações em finais de competições importantes, como vimos as torcidas de Palmeiras e Santos, na final da Libertadores e também de outros clubes nas rodadas finais do Brasileirão. E claro, querem mostrar que se o futebol parar, vai ser uma resposta de grande alcance a aqueles que levam a Covid- 19, como um problema qualquer.

Em meio a isso, o que deveria ser feito? O que seria o melhor? . Penso que se houver a paralisação deveria ser por um mês, para ver o que se pode esperar para os próximos meses e também não atrasar ainda mais, o calendário esportivo que já está atrasado, devido a pausa no ano passado. Deveria também de ser um momento para rever as competições e como deveriam ser disputadas diminuindo o número de jogos. A Copa do Brasil principalmente deveria fazer jogos mais voltados para times da mesma região no início, e aí a partir das oitavas de final, liberar para outras regiões, em estádios já programados. Mas e você o que acha que deveria acontecer ?

Informe Publicitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!