Técnico em enfermagem que trabalha em Campo Belo testa positivo pra Covid

Um técnico em enfermagem que trabalha na UTI e na Upa de Campo Belo (MG) testou positivo para Covid-19. Ele mora em Cana Verde. O profissional foi afastado e está em isolamento domiciliar.

O caso, segundo apuração do DCB, foi descoberto após o exame do filho realizado, pela Secretaria de Cana Verde, ser confirmado positivo psra o novo coronavirus. A criança constatava na estatística de suspeitos daquele municipio. Então, o governo de sua cidade origem estendeu o teste ao pai (técnico). Segundo a Santa Casa, o profissional havia sido testado antes e o resultado foi negativo.

Nesta segunda-feira (08/06) os funcionários que tiveram contato com o técnico serão testados, segundo dr. Alessandro Bastos.

O Secretário de Saúde de Cana Verde, Hugo Carvalho, disse ao DCB que testará todos os profissionais que trabalham na cidade, inclusive os que possuem domicilio fora do municipio.

De acordo com dr Alessandro Bastos, responsável pelo corpo técnico da Santa Casa, o filho do funcionário foi atendido pelo Dr Harley Lasmar na segunda-feira (01/06) e no primeiro momento foi descartado Covid. Porém, a criança foi testada em Cana Verde e confirmado positivo para o novo coronavirus. “O funcionário foi testado uma vez, assim que se levantou a suspeita do filho, mas deu negativo. Diante deste resultado, ele não foi afastado naquele momento. Entretanto, ao tomar conhecimento da testagem positiva do filho, ele foi imediatamente afastado”, garantiu o médico da Santa Casa.

Ainda segundo o cardiologista, a equipe de plantão que o técnico teve contato será testada na segunda feira. “Precisa-se de 8 a 10 dias do primeiro contato para obter um resultado positivo e, por enquanto, nenhum dos funcionários apresentou qualquer sintomas. Estamos seguindo os protocolos e orientações dos órgãos oficiais : ANVISA e CDC” explicou dr. Alessandro.

O técnico é um caso assintomático e está em isolamento.

 O Secretário de Cana Verde disse que o outro filho do profissional foi testado e deu negativo.

Segundo Isaías, coordenador da Upa, todos os protocolos estão sendo seguidos de acordo com as orientações estabelecidas pelos órgãos de saúde competentes na Upa 24 horas. “Não cabe a nenhuma instituição de saúde omitir ou esconder informações e sim seguir os protocolos com o objetivo de proteger funcionários e pacientes diante da situação em que estamos vivendo. Não posso responder pela Santa Casa. Os casos de municípios vizinhos são notificados na cidade onde reside e por questões de ética médica guarda-se sigilo de identidade”, informou o coordenador.

Reflexão

Vale ressaltar que os profissionais de saúde são linha de frente no combate ao Civid, e, todos, incluindo serviços gerais, segurança, mororistas, recepcionistas, são grupo de risco
É momento de crise, precisamos orações e cautela, etiqueta social, redobrar a higiene, usar máscaras.

Ainda é necessário muita fé e orações para proteger a todos, principalmente quem arrisca à propria vida para salvar outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!