Campo Belo: Mães promoverão carreata silenciosa para conscientização do autismo

Um grupo de mães de Campo Belo (Mães de Autistas) promoverão nesta terça-feira (02/04), às 18h30, uma carreata silenciosa para conscientizar a população sobre o quanto o barulho em excesso assusta o autista. O movimento sairá da Praça do Museu. Para participar a coordenação do movimento sugere que os participantes vistam uma roupa de cor azul e enfeite o veículo ou a moto da mesma cor. Um grupo irá fazer uma panfletagem na Praça Central durante a tarde desta terça, informando sobre a carreata e a importância do movimento.

Você sabia!

O banner explicativo produzido para o evento mostra que: autistas são sensíveis a barulho de fogos de artifício; músicas alta; buzinaço, pelo fato do cérebro ter dificuldade em processar informações sensoriais. Tal situação causa ao autista susto, medo, desespero,sobrecarga sensorial e dores.

Foto: Internet

Autismo

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo é celebrado neste 02 de abril. É o início do Abril Azul — mês de luta pelos que vivem com o transtorno. Mesmo com o esforço pela causa, as barreiras ainda são grandes. Segundo especialistas, o preconceito e a discriminação são os maiores problemas enfrentados por autistas e suas famílias. A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) indica que, atualmente, a cada 160 crianças, uma tem o diagnóstico.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de crianças de 0 a 13 anos no Brasil é de 38,5 milhões.

Ao aplicar o índice da Opas, cerca de 241 mil crianças seriam autistas no país. A estimativa, contudo, é que o número seja muito maior, chegando, de acordo com especialistas, a 2 milhões de brasileiros. A causa para a discrepância dos dois dados é a dificuldade em se obter o diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Diariocampobelo.com apoia esta iniciativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!