Minas: Jair Bolsonaro e Romeu Zema vencem nas 6 maiores cidades da região

Após o resultado, jovens se aglomeraram pelas ruas de Campo Belo em comemoração à vitoria de Bolsonaro. (Foto JU Rosso)

O presidente eleito Jair Messias Bolsonaro (PSL) e o governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), venceram nas seis maiores cidades do Sul de Minas. Em Campo Belo (MG), ambos também foram majoritários – Zema 82% e Bolsonaro 69% . Logo após o resultado eleitores se aglomeraram pelas ruas da cidade para comemorar a vitória. Entre os maiores municípios, Bolsonaro obteve a maior diferença de votos em Itajubá: 77,67%. Já para governador, Romeu Zema obteve a maior votação em Poços de Caldas: 79,63%.

Trajetória

Bolsonaro foi eleito no segundo turno da eleições com mais de 57 milhões de votos. (Foto: Internet)

Candidato do PSL derrotou o petista Fernando Haddad no segundo turno, com 55% dos votos, e foi eleito o 38º presidente do Brasil nste domingo (28/10). Capitão reformado do Exército e deputado federal desde 1991, Bolsonaro se elegeu com promessas de reformas liberais na economia e um discurso conservador, contrário à corrupção, ao PT e ao próprio sistema político. O militar derrotar em segundo turno o petista Fernando Haddad, interrompendo um ciclo de vitórias do PT que vinha desde 2002.

Aos 63 anos, capitão reformado do Exército, deputado federal desde 1991 e dono de uma extensa lista de declarações polêmicas, Jair Bolsonaro materializou em votos o apoio que cultivou e ampliou a partir das redes sociais e em viagens pelo Brasil para obter o mandato de presidente de 2019 a 2022.

Governo de Minas

O estreante na política Romeu Zema venceu o segundo turno para o governo de Minas Gerais, com 71,4% dos votos válidos. Com 77,14% das urnas apuradas, o ex-governador e senador Antonio Anastasia (PSDB) ficou em segundo lugar, com 28,6 dos votos válidos. A vitória de Zema sobre um adversário bem mais conhecido confirma a surpresa do primeiro turno das eleições. De perfil liberal, ele despontou em primeiro lugar na disputa, com 13 pontos percentuais de diferença, após aparecer em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto.Com o resultado, o atual governador, Fernando Pimentel (PT), não foi para o segundo turno.

Romeu Zema Neto é empresário e comandou durante 26 anos as empresas da família. O Grupo Zema opera uma rede de varejo de eletrodomésticos com 430 lojas em seis estados e atua nos ramos de concessionária de carros, autopeças e postos de combustível.

Formado em Administração, Zema é hoje membro do Conselho do grupo. Ele fez campanha com base no discurso de renovação da política. Aproveitou a onda de apoio ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) a nível nacional e local.

Desde 1999, Zema era filiado ao PR, mas não se candidatou a nenhum cargo até este ano, quando se filiou ao partido Novo. O engenheiro e economista Paulo Brant será o vice-governador. O programa de governo do candidato eleito prega redução de gastos públicos, privatização de empresas estatais e o fim de desonerações a setores específicos, além de ser contrário ao aumento de impostos e favorável ao que classifica como liberdade de empresas e das escolhas individuais. O futuro governador de Minas completou 54 anos neste domingo (28/10).

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!