Oliveira: Equipe realiza primeira cirurgia de retirada de um trombo cerebral para tratamento de um AVC pelo SUS.

Na quarta-feira, 30 de março, um atendimento integrado salvou a vida de um paciente de 55 anos, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é a segunda maior causa de morte no mundo.

No final da manhã o paciente deu entrada no pronto atendimento de São Sebastião do Oeste e ao ser avaliado pela equipe de plantão, averiguaram apresentava sinais de um AVC. O médico entrou em contato com a Central de Regulação do SAMU solicitando a transferência para Divinópolis. Foi empenhada a Unidade de Suporte Avançado (USA) de Divinópolis, porém a unidade teve problema no trajeto. O médico do Pronto Atendimento de São Sebastião do Oeste pediu apoio de uma ambulância do município e seguiu com o paciente até o Hospital Santa Mônica onde foi realizada uma tomografia computadorizada (TC), e foi mostrado um trombo cerebral. Seguiu com o paciente para a Sala Vermelha do Complexo de Saúde São João de Deus, porém lá não teria como realizar o procedimento que o paciente necessitava (trombectomia), então novamente foi solicitado apoio do SAMU para levar o paciente para o Hospital São Judas Tadeu (Santa Casa) de Oliveira. Parte do trajeto foi realizado pela USA Divinópolis e posteriormente interceptada pela USA de Oliveira.

Enquanto o paciente seguia para o Hospital de Oliveira pelas ambulâncias do SAMU, o médico neurocirurgião, Dr. Luís Venâncio, se deslocou para Santa Casa e preparou a equipe para a realização do procedimento. “Todo esse deslocamento com o paciente, mesmo com os contratempos ocorridos, foi realizado dentro do tempo hábil para realização do procedimento, diminuindo muito o risco de morte ou sequelas. Foi a primeira trombectomia mecânica realizada para tratamento de um AVC pelo SUS na Santa casa de Oliveira. Sem dúvida, um grande avanço na área da saúde para a Região Oeste.”, destaca o diretor técnico do CIS-URG Oeste, Marco Aurélio Lobão.

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (CIS-URG Oeste) tem trabalhado incansavelmente para estruturação da rede de AVC na macrorregião oeste, onde três hospitais serão referência, sendo o Complexo de Saúde São João de Deus em Divinópolis, O Hospital São Judas Tadeu (Santa Casa) de Oliveira e o Hospital Manoel Gonçalves em Itaúna. “É a esperança de propiciar devida atenção e tratamento para os casos de AVC em nossa região.“, enfatiza José Marcio Zanardi, Secretário Executivo do CIS-URG Oeste.

Reprodução: Assessoria Samu

Fotos: Samu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!