Salários de prefeitos de maiores cidades do Sul de MG superam os de até 24 capitais brasileiras

Um levantamento feito pelo G1 revela que os salários dos prefeitos de nove das 10 maiores cidades do Sul de Minas superam os vencimentos de chefes do Executivo de cinco capitais brasileiras. Em alguns municípios, como Poços de Caldas que tem a maior remuneração na região, o valor é superior ao de 25 capitais do Brasil, inclusive São Paulo e Rio de Janeiro: R$ 28,8 mil. Em Campo belo, segundo o Portal da transparência o prefeito Alisson de Assis Carvalho recebe R$ 20. 000.15; o vice-prefeito Adalberto Ribeiro Lopes consta R$ 10.758.67. Já o Portal da transparência da Câmara de vereadores indica uma média de R$ 7.500 de subsidio. Campo Belo tem mais de 54 mil habitantes.

A remuneração bruta dos chefes do Poder Executivo varia de R$ 12,6 mil (em Passos) a R$ 28,8 mil (em Poços de Caldas), uma diferença de 43,75%. O G1 também fez um levantamento relacionado ao salário de vereadores. No caso dos legisladores, a remuneração fica em torno de R$ 10 mil, o que também supera de capitais brasileiras.

Poços de Caldas, além do maior salário para prefeito, também tem melhor remuneração para vereadores e vice. Lá, o prefeito recebe R$ 28,8 mil, um vice R$ 15,3 mil e um vereador R$ 11,3 mil. O município possui 168.641 habitantes conforme o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Salários de prefeitos em valores brutos – Maiores cidades do Sul de Minas 

Cidade Prefeitos Vice-prefeito Vereadores

Cidade Prefeitos Vice-prefeito Vereadores
Poços de Caldas R$ 28.847,46 R$ 15.382,52 R$ 11.337,24
São Sebastião do Paraíso R$ 21.829,59 R$ 8.661,25 R$ 7.879,89
Alfenas R$ 21.622,51 R$ 14.037,20 R$ 8.472,80
Lavras R$ 21.139,29 R$ 10.569,65 R$ 7.741,54
Varginha R$ 20.687,08 R$ 6.206,11 R$ 6.806,23
Pouso Alegre R$ 19.541,89 R$ 8.336,00 R$ 9.579,09
Três Corações R$ 18.900,46 R$ 9.450,18 R$ 6.478,65
Três Pontas R$ 18.751,10 R$ 9.375,55 R$ 4.719,38
Itajubá R$ 18.444,44 R$ 8.046,74 R$ 7.733,61
Passos R$ 12.606,43 R$ 4.728,14 R$ 8.148,30

Depois de Poços, outras cidades remuneram seus prefeitos com cerca de R$ 20 mil mensais. Duas delas possuem mais de 50 mil habitantes e outras duas mais de 100 mil. São Sebastião do Paraíso (MG) e Alfenas (MG), que possuem uma população entre 70 e 85 mil habitantes, remuneram os chefes do Executivo com pouco mais de R$ 21 mil cada uma. Já entre as cidades com mais de 100 mil habitantes, temos Lavras (MG), que paga R$ 21,1 mil e Varginha (MG) com R$ 20,6 mil.

Já a segunda maior cidade da região, Pouso Alegre (MG) (com mais de 152 mil habitantes), paga R$ 19,5 mil para o chefe do Executivo. Os prefeitos de Itajubá (MG), Três Pontas (MG) e Três Corações (MG) recebem em torno de 18 mil.

Todas as maiores cidades do Sul de Minas remuneram mais que alguma das 26 capitais do Brasil. A única exceção é Passos (MG), onde o prefeito recebe R$ 12,6 mil. E, entre as 10 cidades mais populosas do Sul de Minas, é onde o chefe do Executivo ganha menos.

Depois de Poços, quatro cidades remuneram seus prefeitos com cerca de R$ 20 mil mensais. Duas delas possuem mais de 50 mil habitantes e outras duas mais de 100 mil. São Sebastião do Paraíso (MG) e Alfenas (MG), que possuem uma população entre 70 e 85 mil habitantes, remuneram os chefes do Executivo com pouco mais de R$ 21 mil cada uma. Já entre as cidades com mais de 100 mil habitantes, temos Lavras (MG), que paga R$ 21,1 mil e Varginha (MG) com R$ 20,6 mil.

Já a segunda maior cidade da região, Pouso Alegre (MG) (com mais de 152 mil habitantes), paga R$ 19,5 mil para o chefe do Executivo. Os prefeitos de Itajubá (MG), Três Pontas (MG) e Três Corações (MG) recebem em torno de 18 mil.

Todas as maiores cidades do Sul de Minas remuneram mais que alguma das 26 capitais do Brasil. A única exceção é Passos (MG), onde o prefeito recebe R$ 12,6 mil. E, entre as 10 cidades mais populosas do Sul de Minas, é onde o chefe do Executivo ganha menos.

Salários dos 26 prefeitos das capitais — Foto: Wagner Magalhães/G1

Fonte: G1/EPTV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!