Sobe para quatro o número de vítimas de acidente entre caminhões de gás e combustível na BR-491

Subiu para quatro o número de mortos do acidente entre um caminhão carregado com botijões de gás, um caminhão que transportava combustíveis e um carro, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (11) entre Paraguaçu (MG) e Alfenas (MG), na BR-491. Uma das vítimas, um homem que havia sido resgatado pelo helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, morreu na madrugada desta quinta-feira (12) no Hospital Bom Pastor, em Varginha (MG).

Ele ainda não foi identificado. Ao todo, três corpos foram encontrados carbonizados no local do acidente. Um deles dentro do carro e outros dois próximos de onde aconteceu a batida.

A segunda vítima que foi socorrida, uma mulher que foi encaminhada para o hospital Alzira Velano, em Alfenas, ficou em observação durante a noite e foi submetida a exames. Ela apresentou uma evolução no quadro de saúde e deve receber alta ainda nesta quinta-feira.

O acidente

Trânsito foi interditado na BR-491 após acidente — Foto: Reprodução EPTV

O acidente envolveu um caminhão com carregado com botijão de gás, um que transportava combustíveis e um carro. A batida aconteceu no trecho entre Paraguaçu (MG) e Alfenas (MG) por volta das 15h30.

A princípio a informação era de que duas pessoas tinham morrido no local e três ficaram feridas, mas depois foi confirmado que três pessoas morreram carbonizadas ainda no local. Duas foram socorridas.

De acordo o Corpo de Bombeiros, um caminhão bateu de frente com o carro e explodiu. O outro caminhão estaria vindo logo depois e não teria conseguido parar a tempo.

O helicóptero do Corpo de Bombeiros de Varginha (MG) foi acionado e foi para o local para ajudar no resgate. Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também trabalham no socorro. Até esta publicação, a identidade das vítimas não havia sido divulgada.

O trânsito precisou ser impedido nos dois sentidos para atendimento às vítimas e retirada dos veículos da pista.

Fonte: EPTV Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!