Campo Belo: Motociclista com fraturas graves é socorrido somente por motorista da ambulância

Mesmo tratando de um caso grave, mais uma vez na ambulância só havia o motorista. Nenhum enfermeiro ou técnico foi liberado para acompanhou a ocorrência. Um caso sério e recorrente.

Para tentar desviar da motocicleta, o motorista do volvo fez uma manobra e acabou atingindo veículos estacionados. (Foto:diariocampobelo.com)

Um rapaz de 18 anos feriu-se gravemente num acidente na tarde deste sábado (11/03) no Bairro Passatempo em Campo Belo (MG). Ele foi encaminhado à UPA com fraturas e foi atendido pelos médicos Dr. Harley Lasmar e Dr. Caram Lasmar. Com o impacto, um capacete foi arremessado para cima de uma marquise de um estabelecimento comercial. O rapaz da moto  (Yuri) teve fratura no fêmur e na bacia e será transferido para Belo Horizonte (MG). O condutor do carro é cadeirante e segundo relatos de pessoas que presenciaram o acontecimento, o veículo não era adaptado.
De acordo com testemunhas, o fato envolveu a moto em que ele estava, além de dois carros e uma segunda motocicleta. O carro prata e a moto azul estavam estacionados. Segundo informações passadas à polícia, o condutor da moto Suzuki entrou na frente do volvo e o motorista do carro para tentar desviar da motocicleta, teve que realizar uma manobra, conduzindo o mesmo para a contramão de direção, atingindo os outros veículos. O carro prata e a moto azul estavam estacionados. Uma outra testemunha disse que, o condutor do carro que atropelou o rapaz é cadeirante e o mesmo não era adaptado para ele. “Além disso, ele estava em alta velocidade”, declarou Jurema Aparecida, que estava no local do acidente.

Para ajudar o condutor da moto SUZUKI os moradores buscaram uma colcha e jogaram água sobre o corpo da vítima, pois o asfalto estava muito quente, queimando o corpo do jovem e a ambulância solicitada à UPA demorou a chegar. “Ficaram jogando água sobre o corpo do rapaz para que ele suportasse o calor do asfalto, cerca de hora pra socorrer uma pessoa com risco. Uma vergonha muito grande, uma falta de respeito viu!”, indignou-se Rosária Nunes

Problema recorrente
Embora a cena do acidente tenha sido chocante, um outro fato mais grave e recorrente chamou a atenção. Ao prestar socorro, na ambulância da Unidade de Pronto Atendimento havia somente o motorista, como comprovam as fotos registradas no momento do atendimento. Não é a primeira ocorrência de acidentes que a direção da Unidade encaminha somente o motorista. No caso registrado no ano passado – onde uma das vítimas perdeu um dos braços, somente o motorista compareceu ao local da ocorrência.

A situação é séria, e segundo informações obtidas pelo DIÁRIO CAMPO BELO, o Prefeito Dr. Alisson de Assis Carvalho (PSB) já foi informado sobre o procedimento adotado no município.
Em uma reunião com Salime Lasmar (onde o assessor de governo Saulo Lasmar também participou) e um outro médico, o gestor ficou ciente do risco que o procedimento adotado no município há tempos pode prejudicar o quadro de saúde de uma vítima, deixando sequelas. Mas até o momento a Secretaria de Saúde (onde o responsável é médico) ignora mais esta medida adotada pela UPA.

Um comentário em “Campo Belo: Motociclista com fraturas graves é socorrido somente por motorista da ambulância

  • 14 de março de 2017 em 13:20
    Permalink

    So queria uma informação ,foi verificado se todos eram habilitados nas categorias dos veículos que conduziam ?
    Acho que a Policia deveria abordar mais ,fazer mais verificações de documentos ,para melhoria no transito na Cidade ,onde mais de 50 % da população não e habilitado .Se houver maior rigor na fiscalização teremos menos acidentes e menos gastos da prefeitura com medicamentos e atendimentos de feridos na Upa.Sobrando mais vagas pra quem realmente precisa e não estava embriagado ou conduzindo veiculo sem permissão.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!