Campo Belo: Cano de água do DEMAE estoura e danifica imóvel

Moradores de um imóvel localizado no Ana Alves foram surpreendidos com o vazamento de um cano de água do Departamento Municipal de Água e Esgoto que estourou. O líquido atingiu à casa, provocou infiltrações no teto e praticamente todos os cômodos ficaram cheios de água e terra. O incidente foi provocado por uma queimada em um terreno e atingiu a rede de água. A reportagem do DCB foi ao local e através da ação de um Secretário Municipal, o engenheiro compareceu ao local; à família foi providenciada uma hospedagem em um hotel. A PM também registrou a ocorrência.

De acordo com Keiny Morais, a família que mora na Rua Jandira Pereira, ficou desesperada ao chegar ao local e ver a situação do imóvel. “Água jorrando e muita fumaça devido à queimada que começou no terreno acima e o fogo atingiu o cano, que é do DEMAE e estava descoberto, e estourou. Vizinhos ligaram para minha tia e avisaram sobre a ocorrência”, pontuou a comerciante.
Ainda segundo ela, alguém ateou fogo na parte de cima no período da manhã.O matou estava alto, logo se alastrou e por volta das 13 horas atingiu o cano da rede. “Espalhou água pra todo o lado. Vieram duas pessoas do DEMAE, registraram e fotos e disseram que iriam procurar a ação social, mas nenhuma assistência foi dada à família por eles. Graças ao Fabrício, meus tios terão um local para dormir e ele também enviou uma equipe da engenharia para verificar a situação”, desabafou Keiny.

O Fabrício que a comerciante cita é o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Campo Belo. Embora não seja competência da área dele, mas foi o único que prestou assistência à família, encaminhando os procedimentos.

O engenheiro Jonathas Morais esteve ao local, juntamente com Itamar. Entraram no imóvel e constataram a situação de precariedade do local. Como já havia anoitecido, os servidores agendaram uma visita para o dia seguinte. “Voltaremos amanhã com toda a rede. Um laudo será providenciado e a família será assistida”, garantiu o engenheiro que foi extremamente atencioso com a família.

Confiram na reportagem o depoimento de Keiny Morais!

Queimadas

Queimadas no Ana Alves são recorrentes. Mesmo sendo um ato criminoso, os moradores do local sofrem com a prática. O terreno atingido pelo fogo, segundo a família, pertence ao departamento de água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!