Formiga: Mulher é morta a tiros enquanto caminhava

Há suspeita que o crime tenha sido passional

Uma mulher de 37 anos foi morta por três tiros na noite de terça-feira (30/04), Rua Maria Rodrigues Gondin, Bairro Vila Padre Reclamo Fóxius, em Formiga (MG). Ela chegou a ser socorrida e encainhada à UPA daquela cidade, mas não resistiu aos ferimentos. O autor dos disparos chamou a vítima pelo nome antes de atirar. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem.

Ela foi encaminhada à sala vermelha da UPA, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo foi encaminhado ao IML de Formiga. O óbito foi confirmado por volta das 21h30. (Foto Ilustrativa: Internet)

De acordo com informações passadas à polícia, Gisele Cristina Silva caminhava com o atual companheiro, quando por volta das 21 horas um motorista de um Fiesta cor Roxo estacionou o veículo há alguns metros da vítima, desceu, se aproximou e a chamou pelo nome, e, em seguida, efetuou os disparou que atingiram o rosto, a coxa esquerda e na região lombar. Antes de morrer, ainda na UPA, segundo informações apuradas pela produção do DCB, Gisele disse à polícia que não conhecia o autor do crime. Mas, há informações de que o atual companheiro da vítima saiba quem é o autor dos disparos que vitimaram Giesele.

De acordo com a assessoria de comunicação do SAMU Oeste, a central de regulação recebeu um chamado às 21h11, desta terça-feira (30), para atendimento de um ferimento de arma de fogo.

Ao chegar no local a equipe da Unidade de Suporte Avançado (USA) de Formiga foi informada pela Polícia Militar que a vítima já havia sido encaminhada para a UPA por terceiros.

Mesmo assim a equipe se deslocou até a UPA e chegou praticamente junto com a vítima que foi encaminhada pelo marido. Ajudou no atendimento e fez transferência para a Sala Vermelha da Santa Casa de Formiga.
A vítima apresentava três perfurações provenientes de arma de fogo.

Fonte: Últimas Notícias

Os tiros acertaram o rosto, a coxa e a região lombar de Gisele. Ela morreu na UPA. (Foto: Redes Sociais)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!